Sobre a SEMENGE

A Semana de Engenharia (SEMENGE) é o maior evento de Engenharia do Sertão promovido por alunos e professores do Eixo da Tecnologia da Universidade Federal de Alagoas do Campus do Sertão, em Delmiro Gouveia, e já se encontra em sua 6º edição.

Os eventos da SEMENGE sempre contam com palestras, mini cursos, visitas técnicas e mesas-redondas de diversas áreas da Engenharia, promovendo a integração/intercâmbio do conhecimento acadêmico e o setor empresarial, como também com o ambente técnico e o mercado de trabalho. Além disso, faz parte da programação a apresentação de trabalhos cientificos com premiação para os destaques, disseminando e divulgando os conhecimentos das produções técnicas e cientificas dos participantes. 

Histórico

A primeira edição da (SEMENGE) ocorreu no ano de 2013 contou com a participação de 308 inscritos entre alunos e professores dos cursos de Engenharia Civil e de Engenharia de Produção, além de profissionais da área. Esta edição teve como um importante objetivo alcançado a difusão do conhecimento na região do sertão alagoano, visto que teve como tema “Promovendo a Engenharia no Sertão Alagoano”. Além disso, proporcionou forte transformação positiva na sub-região sertaneja alagoana, por meio da oferta de novas oportunidades para os jovens, para as empresas e para os governos locais.


A segunda edição da (SEMENGE) teve como tema “Conhecimento e Inovação” e contou com palestras, mesas-redondas, apresentação de trabalhos técnicos e minicursos, onde foram discutidos diversos temas ligados à região sertaneja, como dessalinização, canal do sertão, uso de cisternas, saneamento, entre outros. O evento visou contribuir na formação de profissionais capacitados para o mercado de trabalho, em sintonia com as novas dinâmicas, além de ajudar na difusão do conhecimento na região do sertão alagoano.

Na ultimas três edições,  III, IV e V SEMENGE, foram explorados diversas áreas da engenharia contendo discussões importantes no cenário das Engenharias através de palestras, mini cursos, meses redondas, dentre outras, como na terceira edição que promoveu o primeiro evento de Startup do sertão alagoano, onde oportunizou a demonstração e desenvolvimento de inovações ligadas às areas de Engenharia e o Fórum alagoano de mercado das engenharias, contando com diversos profissionais, tendo como tema “As Multifaces das Engenharias”, a quarta edição com “Desafios da Engenharia: Gestão, inovação e tecnologia” e a quinta edição com "Repensando a engenharia: eficiência, economia e sustentabilidade".



Edição Local
Tema
I SEMENGE Universidade Federal de Alagoas - Campus do Sertão "Promovendo a Engenharia no Sertão alagoano"  
II SEMENGE Universidade Federal de Alagoas - Campus do Sertão "Conhecimento e inovação"  
III SEMENGE Universidade Federal de Alagoas - Campus do Sertão "As Multifaces das Engenharias"  
IV SEMENGE Universidade Federal de Alagoas - Campus do Sertão "Desafios da Engenharia: gestão, inovação e tecnologia"
V SEMENGE Universidade Federal de Alagoas - Campus do Sertão "Repensando a engenharia: eficiência, economia e sustentabilidade"
VI SEMENGE Universidade Federal de Alagoas - Campus do Sertão "Inovação e Inclusão na Engenharia: Princípios e visões da sociedade Moderna"

 

Localização

Delmiro Gouveia

É um município do Estado de Alagoas localizado na região do Sertão Alagoano. A cidade faz fronteira com os municípios de Água Branca, Pariconha, Olho D´Água do Casado, e com os estados de Pernambuco, Sergipe e Bahia. Segundo dados de 2015, a população da cidade é estimada em 51.997 habitantes.  A economia se baseia na indústria têxtil, comércio, agricultura e pecuária.

Anteriormente a cidade era denominada de Pedra, e teve seu nome alterado para Delmiro Gouveia por homenagem à ao empreendedor e industrial cearense que ali residiu no início do século XX, o qual fundou uma importante indústria de linhas de costura, a Cia Agro Fabril Mercantil, e também por ter construído a Vila Operária Padrão. O povoado se criou graças à construção de uma estrada de ferro da Great-Western, denominada Ferrovia Paulo Affonso. Em 1º de novembro de 1938, o decreto-lei 846 criou o distrito com o nome “Pedra”, que posteriormente, em 1943, foi chamado “Delmiro Gouveia”.

Desde 2010, a cidade ganhou um Campus Universitário da Universidade Federal de Alagoas, o qual é fruto do processo de Expansão das Universidades Federais Brasileiras desenvolvido pelo Governo Federal. Dentre diversos cursos da área das licenciaturas e bacharelados, o campus oferece os curso de Engenharia Civil e Engenharia de Produção.

A principal atração do município é sua própria história, que pode ser pesquisada no Museu Delmiro Gouveia. Como beleza natural, a cidade ostenta parte do cânion do São Francisco.